A liderança das mulheres para um mundo empresarial sustentável.

Soledad Bauer, nossa gerente de desenvolvimento organizacional e sustentabilidade, participou do encontro “Diálogos” da comunidade de empresas Red Activa para falar sobre liderança feminina no mundo empresarial.

Soledad, o que a Enaex tem feito para abrir mais espaço para a participação das mulheres em cargos de liderança?

Sem dúvida, a indústria da mineração é historicamente masculina. Durante séculos, a mulher não podia entrar em uma mina porque trazia “azar”. Não se tratava apenas de um costume, a orientação também constava na legislação trabalhista chilena. Foi apenas em 1979 que a legislação foi modificada, permitindo a entrada das mulheres na mina.

A incorporação das mulheres em nosso segmento foi iniciada muito mais tarde que em outras indústrias, mas temos trabalhado com dedicação para que as mulheres ocupem mais cargos de liderança em nossa indústria.

Como tem sido esse processo?

Nas áreas de suporte não tem sido tão difícil. Mas para cargos operacionais isso é mais complicado.

Globalmente, as mulheres representam 17% do nosso pessoal nas operações.

Para aumentar esse número, temos que:

• Estabelecer metas claras em todas as business units;
• Contribuir para a mudança de mentalidade das mulheres, para que elas acreditem que possam alcançar cargos mais altos;
• Sensibilizar os homens que são pais quanto à importância da corresponsabilidade parental para que as mulheres possam continuar seu desenvolvimento profissional depois de terem sido mães;
• Melhorar a infraestrutura das minas para viabilizar a presença das mulheres, de forma que tenham um quarto, um banheiro e um vestiário adequados.

Como alcançar essas metas?

O primeiro passo foi sensibilizar a diretoria. Nosso presidente, Juan Eduardo Errázuriz, decidiu pela incorporação feminina na diretoria e, hoje, dois dos membros são mulheres, o que significa uma grande vitória para nós.

Nosso primeiro impacto é a partir do processo de seleção, com foco em eliminar as barreiras inconscientes. Todos nós temos uma ideia do que é a liderança. Atualmente, no mundo, a grande parte das pessoas que ocupam cargos de líderes é formada por homens. Portanto, evidentemente, existem muitas características relacionadas à liderança que foram definidas a partir de um ponto de vista masculino.

Estamos criando espaços para contribuir com o desenvolvimento das mulheres por meio de programas de tutoria ou de treinamentos, como é o caso do projeto “500 mulheres na mineração”.

Quais são os benefícios de ter mulheres líderes?

Quando todos são iguais, provavelmente os resultados serão sempre os mesmos. Se você trouxer pessoas diferentes, mulheres, indivíduos de grupos distintos, seus resultados serão diferentes. Essa diversidade contribui para o aumento de imaginação e inovação.

A diversidade gera coisas novas.

Nos grupos onde há lideranças femininas, noto que o clima da equipe é visivelmente melhor que o de outros grupos. A empatia que uma mulher pode trazer para uma equipe contribui para a manutenção de ambientes seguros e abertos a novas ideias.

Em ambientes assim, a possibilidade de que a inovação prolifere é muito maior.

A empatia e a colaboração que são trazidas pelas mulheres têm relação com o papel ancestral que desempenham como mães. Se os homens tiverem a possibilidade, por meio da corresponsabilidade parental, de compartilhar mais esse papel, podem desenvolver essas habilidades.